Dê ouvidos à Palavra de Deus!
Ouça e pratique essa Palavra! Tolo é quem não o faz!
Ouça a Palavra de Deus, creia na Palavra e guarde-a em seu coração.
Esteja enraizado nela, e a coroa da vitória lhe está garantida!,
“Permaneça em vós o que ouvistes desde o princípio. Se em vós permanecer o que desde o princípio ouvistes, também permanecereis vós no Filho e no Pai” (1 Jo 2.24).



Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao Senhor, essa sim será louvada. Provérvios 31:30

Web Radio Gospel Da Covilha - ((( Portugal))) Sua Amiga De Todos As Horas

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Lucas 12:15


E disse-lhes: Acautelai-vos e guardai-vos da avareza;
porque a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui.

Lucas 12:15.


   Certa vez, quando serviu como missionário no Rio de Janeiro, Max
Lucado foi visitar um irmão afastado. O irmão estava construindo
uma casa num terreno perto de um pântano. Max ficou impressionado
com a precariedade da situação. Foi quando o irmão virou para Max e
confessou que a ganância o havia desviado da fé. "Ganância?" Max
perguntou. "Você está levantando um barraco em um pântano, e você
chama isso de ganância?" Daí, Max reconheceu "A ganância é
relativa. Não é definida pelo valor das coisas, e sim pelo que ela
custa a você". Alguns asseveram que Deus quer para nós, os filhos
do Rei, mais, mais e mais. Aqui Jesus deixa claro o que Deus quer –
mais e mais distância do apego às coisas materiais. O verdadeiro
discípulo, o Cristão maduro, é aquele que consegue viver contente e
satisfeito com o que tem, ou até com cada vez menos! O alerta é
claro – cuidado com “todo tipo de ganância”. Quanto lhe custará
amanhã, o tesouro que você está juntando hoje? E qual o valor das
coisas do Reino em sua vida? Se o nosso apego define o valor das
coisas em nossas vidas, o que é que nosso apego às coisas de Deus
está dizendo?

ORAÇÃO:


   Pai, eu luto tanto com esse problema. Perdoe meu apego aos bens
materiais. E obrigado por Jesus incluir este alerta no Evangelho.
Eu quero me apegar cada vez mais a Ele e cada menos a este mundo.
Agradeço-lhe porque, pela beleza de Jesus, eu sinto este desejo
crescendo em minha vida. Em nome do Rei Jesus eu oro. Amém.

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Lucas 11:37-39

E, estando ele ainda falando, rogou-lhe um fariseu que fosse jantar com ele; e, entrando, assentou-se à mesa.
Mas o fariseu admirou-se, vendo que não se lavara antes de jantar.
E o Senhor lhe disse: Agora vós, os fariseus, limpais o exterior do copo e do prato; mas o vosso interior está cheio de rapina e maldade.
Lucas 11:37-39

Uma das maiores tentações na vida Cristã é de realizar uma parte
da nossa missão muito bem feita e presumir que isso vale para o
resto. Quanto mais dedicado e sincero o Cristão for, maior o perigo
de cair nesta armadilha. Obediência a Deus em nossos atos é a parte
mais fácil do  discipulado de Jesus. A parte difícil é a mudança de
coração, de motivos e objetivos. Um dia aquele fariseu
provavelmente sonhou em servir a Deus de todo seu ser. Ele entregou
seus atos e comportamento, mas, não conseguiu se desprender do seu
coração e mente. Ele nem percebeu, mas, justamente como o diabo
gosta, ele estava estragando seu próprio sonho. O que Paul Valéry
disse é verdade: " A melhor maneira de tornar seus sonhos em
realidade é acordando". Era isso que Jesus estava tentando fazer
com ele. Será que nós já acordamos, ou ainda estamos sonhando? Já
entregou tudo, ou ainda está segurando seu coração?

ORAÇÃO:


   Soberano Criador, não merecemos que o Senhor deixe nem um palito
em nossas mãos, muito menos corpos e almas. Mas, o Senhor nos
permitiu decidir o que faremos com o que há de mais precioso na
vida. Ajude-nos a entregar primeiro nossos corações e rendermos
logo nossas mentes. Que Jesus possa reinar primeiro dentro de nós,
para daí ser revelado por meio de nós para outros. Em nome de Jesus
oramos. Amém.

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Perversos Odeiam A Luz



 Porque a manhã para todos eles é como sombra de morte; pois, sendo conhecidos, sentem os pavores da sombra da morte. Jó 24:17 


Uma das mais realistas descrições da maldade do mundo se encontra no Livro de Jó. O patriarca, temente a Deus, afirma que “os perversos odeiam a luz”. Por isso, “eles têm medo da luz do dia, mas a escuridão não os deixa apavorados” (Jó 24:13,17).

Segundo a Bíblia, Deus é a luz. Por isso, a primeira coisa que Ele criou, de acordo com o início de Gênesis, foi “Haja luz: e houve luz”. A Bíblia não é panteísta, porque ela não declara que “Deus é tudo e tudo é Deus”. O que as Escrituras nos ensinam é que a energia luminosa do Criador é matéria prima da criação. E que, no universo criado, a luz passou a ser encarada como representação da divindade. Daí a afirmação de Jesus Cristo: “Eu sou a luz do mundo” (João 8:12).

Refraseando Jó, podemos então dizer que os perversos odeiam a Cristo. Enquanto viveu como Jesus, aqui na Terra, o Senhor não somente foi odiado, como foi crucificado injustamente. Dentro desse contexto, Jesus alertou seus discípulos: “Todos odiarão vocês, por serem Meus seguidores” (Mateus 10:22). Mesmo odiados, somos “a luz do mundo” (Mateus 5:14). Por determinação de Jesus. Cristãos não se ocupam de buscar apoio das trevas. Mesmo odiados, cristãos se ocupam de viver, no mundo em trevas, a luz do Cristo. 


Pr. Olavo Feijó

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Lucas 11:33

 “Ninguém acende uma candeia e a coloca em lugar onde fique
escondida ou debaixo de uma vasilha. Ao contrário, coloca-a no
lugar apropriado, para que os que entram possam ver a luz.”



    Você já sentiu insegurança para compartilhar sua fé? Já se
sentiu encabulado na hora de testemunhar para alguém que não segue
Jesus ainda? Num apagão, na escuridão, as pessoas não se importam
se você está com uma lanterninha sofisticada ou apenas fósforos e
uma vela. Só querem ver luz! Deus nos colocou aqui com uma razão –
deixar a luz brilhar! Não precisamos de discursos sofisticados ou
explicações aprofundadas. O importante não é o que você sabe, mas,
quem você conhece - Jesus. Deixe ele brilhar. Deus não lhe colocou
onde você está entre as pessoas ao seu redor com outro propósito.
Chame seus parentes, amigos e colegas para olharem para Jesus. Ele
é a luz. É ele que ilumina. É somente olhando para ele que veremos
por onde devemos andar. Não sabe falar muita coisa sobre Jesus?
Tire sua Bíblia e leia um trecho das palavras dEle. Podem ser estas
acima. Esqueça palavras humanas. Leia as palavras de Jesus. E
espere para ver o que Deus vai fazer com a luz que você acaba de
acender.

ORAÇÃO:


   Senhor da Luz, acenda em nós uma chama que jamais apagará. Que
ela esteja presente em mais e mais pessoas ao nosso redor, uma luz
que vai iluminando o mundo inteiro. Conceda-nos coragem o
suficiente para simplesmente deixar Jesus falar. Que ele possa
falar através de nós. Que as pessoas ao nosso redor possam só ver a
ele, somente ele. Pois basta isso para que o mundo seja iluminado.
Em nome da Luz oramos. Amém.

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Lucas 11:27-28

 Enquanto Jesus dizia estas coisas, uma mulher da multidão
exclamou: “Feliz é a mulher que te deu à luz e te amamentou”. Ele
respondeu: “Antes, felizes são aqueles que ouvem a palavra de Deus
e lhe obedecem”.

 
   O ambiente devia estar tenso entre Jesus e as pessoas que o
criticaram. Uma mulher, provavelmente bem intencionada, elogiou a
mãe do Senhor. Talvez sem perceber, esta mulher cumpriu o que a
própria mãe de Jesus profetizou em Lc 1:48. Jesus não reprovou o
comentário dela. Mas, ele deixou claro que não estava lá atrás de
elogios ou apoio. Jesus estava lá para chamar pessoas a obedecerem
a Deus. Tem um ditado em inglês que diz que a maneira mais sincera
de elogiar alguém é  imitando-a. Se admiramos Jesus, a melhor
maneira de declarar isso ao mundo é fazendo o que ele nos ensinou.
Se é Jesus que estamos imitando, também seremos felizes, não pela
aprovação de homens que é passageira e temporária, mas, pela
aprovação de Deus - que é eterna.

ORAÇÃO:


   Nosso bendito Pai, obrigado pela felicidade que já é nossa. É
tão bom saber que podemos agradar ao criador do universo com algo
tão simples quanto obedecer a Palavra do Senhor. Que possamos
conhecer e obedecer esta palavra cada vez mais e que o Senhor se
agrade cada vez mais de nós e de todos que pudermos persuadir a
seguirem a Jesus. Em nome de Cristo oramos. Amém.

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Lucas 11:21-22

  “Quando um homem forte, bem armado, guarda sua casa, seus bens
estão seguros. Mas quando alguém mais forte o ataca e o vence,
tira-lhe a armadura em que confiava e divide os despojos.”



   Você se sente derrotado? Só vê seus pecados, suas falhas e
tropeços? É isso que Satanás quer. Ele quer que você pense que não
vale a pena lutar. É melhor se entregar, gozar dos prazeres que lhe
resta e aguardar a condenação eterna, se ela de fato existe. Isso é
tudo que Satanás quer que você pense. E como sempre, é uma tremenda
mentira. Na verdade, o derrotado é ele. Na parábola, o homem forte
é Satanás. O mais forte é Jesus. Jesus mandou o Maligno embora da
casa onde ele estava habitando - o corpo do homem mudo. Com isso
Jesus mostrou como ele nos liberta de tudo que é do inimigo. Pode
ser tentação, fraqueza ou vício. Não importa. Jesus manda em tudo
isso e muito mais. Mas, só se o chamamos. Só se entregamos a Ele.
Só se confiamos que ele é o vencedor. Jesus venceu demônios e
doenças e finalmente derrotou a própria morte. A mesma vitória é
nossa, se ao menos confiarmos em Jesus. Por fora, pode parecer que
estamos perdendo a batalha. Parece até para nós que somos
derrotados. Mas, por dentro, onde a maior batalha é travada
diariamente, aqueles que estão entregando suas vidas a Jesus dia
após dia, estão vencendo. Estes já estão na marcha triunfal. É
longa e cansativa. Mas, vale a pena continuar. Graças a Jesus!

ORAÇÃO:
   Eterno e Fiel Senhor, ninguém aqui realmente sabe quão absoluto
é o poder do Senhor. Mas, à medida em que lhe entregamos tudo que
somos e temos, começamos a vislumbrar as incontáveis vitórias que
nos esperam no caminho para o céu. Obrigado por nos chamar para seu
lado, Senhor. Obrigado por ser nosso Senhor! No poderoso nome de
Jesus Cristo oramos. Amém e Amém!


Autor é Dennis Downing

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Lucas 11:14-18

Jesus estava expulsando um demônio que era mudo. Quando o
demônio saiu, o mudo falou, e a multidão ficou admirada. Mas alguns
deles disseram: “É por Belzebu, o príncipe dos demônios, que ele
expulsa demônios”. Outros o punham à prova, pedindo-lhe um sinal do
céu. Jesus, conhecendo os seus pensamentos, disse-lhes: “Todo reino
dividido contra si mesmo será arruinado, e uma casa dividida contra
si mesma cairá. Se Satanás está dividido contra si mesmo, como o
seu reino pode subsistir? Digo isso porque vocês estão dizendo que
expulso demônios por Belzebu."
 

   Não foi o “ex-mudo”, muito menos o demônio expelido que acusou
Jesus de operar milagres pelo poder de Satanás. Se tivessem falado,
teriam testemunhado a glória de Jesus. Quem falou foram homens que
viram Jesus realizando milagres que o povo admirava. O interesse
daqueles homens não era nem a verdade nem a cura – era a atenção do
povo. Foi por isso que eles reagiram. Quando nós reagimos contra
algo, na igreja ou no ministério de um irmão, qual o nosso
verdadeiro motivo? Como Jesus disse, uma casa dividida contra si
cairá. Isso é verdade tanto em relação às obras do maligno, como às
obras da luz. Quando Cristãos brigam, se dividem e estragam o
trabalho de outros servos do Senhor, só há um resultado - um reino
dividido. Jesus alertou contra falsos profetas e obras (Mt 7:15-16;
24:4-5). É preciso provar os espíritos (1 João 4:1). Mas, tomemos
cuidado para que nosso combate seja contra o inimigo e não contra
nossos irmãos e verdadeiros companheiros na guerra espiritual. E
oremos para que nossos motivos no combate sejam sempre puros. Se um
ou outro cresce ou se torna mais popular, pouco importa, desde que
a glória seja para Jesus.

ORAÇÃO:
   Soberano Deus, por favor, ajude seus servos ao redor desta
planeta a discernirem quem são seus companheiros na luta da luz
contra as trevas. Que possamos apoiar e ajudar uns aos outros.
Quando for necessário, ajude seus servos a reprovarem as obras do
inimigo. Mas, que possamos encorajar e contribuir para as boas
obras que o Senhor está fazendo, e que toda a honra e glória sejam
para Jesus. Em nome do Rei oramos. Amém.

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Lucas 11:5-10

Então lhes disse: “Suponham que um de vocês tenha um amigo e que
recorra a ele à meia-noite e diga: ‘Amigo, empreste-me três pães,
porque um amigo meu chegou de viagem, e não tenho nada para lhe
oferecer’. “E o que estiver dentro responda: ‘Não me incomode. A
porta já está fechada, e eu e meus filhos já estamos deitados. Não
posso me levantar e lhe dar o que me pede’. Eu lhes digo: Embora
ele não se levante para dar-lhe o pão por ser seu amigo, por causa
da importunação se levantará e lhe dará tudo o que precisar. “Por
isso lhes digo: Peçam, e lhes será dado; busquem, e encontrarão;
batam, e a porta lhes será aberta. Pois todo o que pede, recebe; o
que busca, encontra; e àquele que bate, a porta será aberta.




   Você já sentiu que estava demorando para Deus responder a uma
oração muito importante? Pode ser a cura de uma pessoa muito
querida, a conversão de um parente ou até força para você mesmo
vencer uma tentação persistente. Às vezes parece que Deus não está
nem aí, nem escutando. Mas, se um ser humano, motivado apenas por
um incômodo, faria o que a pessoa que Jesus descreveu, imagine
Aquele que deu seu único Filho por nós. Jesus não disse que
receberemos imediatamente o que estamos pedindo. Algumas coisas vão
demorar. Às vezes elas precisam demorar - para que demos a elas o
devido valor, para que aprendamos as lições que só vêm na longa
espera, para que sejamos fortalecidos pela perseverança. Paciência
não é só uma virtude, ela é uma escola poderosa, e a oração é seu
instrumento mais potente de transformação. Confie em Deus. Não
desista. Ele está ouvindo e responderá quando você estiver
preparado.

ORAÇÃO:
   Amoroso Pai, é difícil lembrar o quanto o Senhor nos ama quando
respostas a necessidades tão boas parecem demorar. Mas, confiamos
no Senhor. Não precisamos de mais provas do amor do Senhor. Se é
preciso que as respostas às nossas orações demorem, esperaremos o
quanto for necessário. Se for até a nossa ida ou a volta de Jesus,
esperaremos. Não só porque não temos outra escolha. Iremos esperar
e confiar porque sabemos o quanto o Senhor nos ama e que tudo que o
Senhor faz e não faz é para o nosso bem. É no nome de Jesus e no
puro amor dEle que esperamos. Amém.

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Orar pela fé é orar com perseverança



 Alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai na oração;  Romanos 12:12 

Perseverar na oração é um dos meus maiores desafios pessoais. Todos os anos tenho pedido ao Pai Celestial que me ensine a ser cada vez mais perseverante em busca-lo e depender dEle para viver uma vida que o agrade. Se quisermos orar pela fé, temos que permanecer insistentemente diante do Todo Poderoso.

Os que oram movidos pela emoção logo deixam o altar da oração. Mas logo eles verão que os problemas continuaram diante de nós, precisando de resolução. Quando permanecemos perseverantes na oração, o poder de Deus passa a fluir através de nós. Seja nos dando sabedoria na jornada, seja intervindo de uma forma espantosa ou mesmo nos tornando pacientes diante da tribulação, percebemos com mais clareza a ação divina em nosso favor.

Não desista de orar! Na sua perseverança você colherá as bênçãos que o Eterno já tem nos prometido.


   Pastor Sérgio Fernandes