Dê ouvidos à Palavra de Deus!
Ouça e pratique essa Palavra! Tolo é quem não o faz!
Ouça a Palavra de Deus, creia na Palavra e guarde-a em seu coração.
Esteja enraizado nela, e a coroa da vitória lhe está garantida!,
“Permaneça em vós o que ouvistes desde o princípio. Se em vós permanecer o que desde o princípio ouvistes, também permanecereis vós no Filho e no Pai” (1 Jo 2.24).



Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao Senhor, essa sim será louvada. Provérvios 31:30

Web Radio Gospel Da Covilha - ((( Portugal))) Sua Amiga De Todos As Horas

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Aos tristes (Sl 18)



Tristezas do inferno me cingiram, laços de morte me surpreenderam.

 Salmos 18:5

Eu fui alguém que sentiu na pele o peso da tristeza no viver. Mesmo sendo criado em uma boa família, cresci uma pessoa insegura e solitária. Por dezessete anos de minha vida, tive que conviver com esse sentimento terrível que tentou assolar minha vida. Mas quando aceitei a Jesus Cristo em meu coração, encontrei um escape para esta prisão e redescobri a alegria de viver.

O evangelho é uma alternativa eficaz a vida vazia. Quando nos unimos ao Salvador e passamos a participar dos Seus propósitos, abraçamos uma causa maior que nossa própria vida. As futilidades que as vezes nos oprimem perdem seu brilho, e o desejo de estar em contato com o Salvador nos dá ânimo para vencermos nossos medos, temores e frustrações. Quem vive com Cristo é feliz, desfrutando de paz nas tribulações e coragem nos desafios.

O Espírito Santo fala ao seu coração neste dia: "Você se recorda que nos dias em que se comprometeu com a obra de Deus, você vivia alegre e com paz. Volte a fazer aquilo que que confiei a você, eu ainda tenho planos para sua vida!".


Texto de:  Pastor Sérgio Fernandes

quarta-feira, 24 de abril de 2013

Tristeza (Sl 18)

 Tristezas de morte me cercaram, e torrentes de impiedade me assombraram. Salmos 18:4 Hoje quero conversar com você que tem vivido dias tristes. A tristeza é a reação da alma humana a decepções e frustrações. Quando algo foge de nosso controle ou quando alguém próximo a nós age de forma inesperada e negativa, podemos ser assolados com esse sentimento que nos consome por dentro. O discípulo de Cristo enfrenta e enfrentará dias tristes, mas pode contar com a ajuda de Deus para superá-los.

Deus tem feito promessas em Sua palavra aos tristes. Ele promete fazer grandes coisas por nós, e com isso nos alegrar (Sl 126.3,5). Ele afirma que os tristes podem beber com alegria das fontes da salvação (Is 12.3). Afirma também que transformaria nosso pranto em festa (Sl 30.11) e que a Sua alegria é a nossa força (Ne 8.10).

A tristeza existe para enfatizar os dias de alegria que o Senhor tem nos dado. Por isso, aceite a alegria do Senhor e faça deste dia mais uma oportunidade de festejar em Sua presença!
Texto de: Pastor Sérgio Fernandes

sexta-feira, 12 de abril de 2013

Ansiedade E Incentivo


A ansiedade no coração deixa o homem abatido,
 mas uma boa palavra o alegra. Provérbios 12:25 



O autor do livro de Provérbios salienta as consequências restauradoras de nossos diálogos. “As preocupações roubam a felicidade da gente, mas as palavras amáveis nos alegram” (Provérbios 12:25).

Nem sempre estamos preparados para digerir toda a verdade. Jesus, por exemplo, disse aos apóstolos: “Há muitas coisas que Eu tenho para lhes dizer – mas não direi, porque vocês não estão prontos para entender”. As verdades que nos ajudam são aquelas que são ditas com respeito, com cuidado, com amor.

Jesus, a verdade encarnada, mesmo falando sobre o pecado, afirmou: “O Filho do Homem não veio julgar... Eu vim para dar vida e vida com abundância”. É este tipo de palavra amável que tem o poder de nos alegrar, de nos dar esperança. O mundo está tão cheio de maldade que, para prejudicar os outros, basta sermos omissos. A Bíblia nos diz para “chorar com os que choram e alegrar-nos com os que se alegram”. São essas atitudes que incentivam e alegram os que sofrem.


Texto de: Pr. Olavo Feijó

Língua convertida (Sl 15)


 Aquele que não difama com a sua língua, nem faz mal ao seu próximo,
 
 nem aceita nenhum opróbrio contra o seu próximo;Salmos 15:3

Ser equilibrado no falar é uma característica de quem já conheceu o Senhor Jesus. A pessoa que anda com Deus é sincera! Ela abre os lábios apenas para partilhar coisas boas. Evita a discussão, evita a contenda, evita espalhar desavenças. Mas não é raro encontrarmos pessoas nas comunidades cristãs que não usam sua língua para a glória de Deus.

Você talvez tenha sofrido algum tipo de injúria ou calúnia por lábios de pessoas que deveriam, por causa da fé, não perder tempo com fofocas e mexericos. Mas não se deixe abater com isso, nem mesmo o Senhor Jesus escapou de calúnias e especulações acerca de sua vida. O mesmo Deus que exaltou o Salvador irá te ajudar.

Se você é fofoqueiro ou mexeriqueiro, ore a Deus e peça perdão ao Senhor por essa grave pecado. A Bíblia diz que Deus odeia quem semeia contendas entre os irmãos. Não caia no laço do diabo, seja uma benção nas mãos de Deus, usando sua língua apenas para aquilo que glorifica o nome do Senhor!


Texto de :   Pastor Sérgio Fernandes

quinta-feira, 11 de abril de 2013

Andar sincero (Sl 15)


 Aquele que anda sinceramente, e pratica a justiça, e fala a verdade no seu coração.
Salmos 15:2


Quando o salmista questiona a respeito do tipo de pessoa que habitará na presença de Deus, me chama a atenção a primeira característica listada no verso dois, "o que anda sinceramente". Num mundo de faz de conta, onde as pessoas encenam alegria, conquistas e vida perfeita, Deus chama para perto de si aqueles que preferem o caminho da transparência.

O cristão não precisa viver uma vida de faz de conta. Ele deve sempre ser o que é. No dia de chorar, ele chora, no dia de sorrir, ele se alegra. Deus nos aceita da forma que somos, e na sinceridade do nosso coração Ele nos transforma para sermos o que Ele planejou que sejamos. Deus trabalha com gente transparente. Enquanto você viver uma vida de mentirinha, apenas para ganhar aplausos dos homens, não experimentará o poder de Deus em sua vida. Mas quando admitir suas fraquezas, Ele operará eficazmente em sua vida.

Deixa o Senhor trabalhar em você!

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Quem habitará com o Senhor? (Sl 15)

   



Quem acreditaria em um médico que não pode curar seus enfermos? Quem participaria de um curso que não consegue comunicar conhecimento aos participantes. Quem serviria a um "deus" incapaz de transformar? O autor do salmo 15 tenta descrever as características de uma pessoa que habitará com o Senhor, e nas suas palavras, deixa claro que viver ao lado de Deus é viver uma vida transformada!

O amor de Deus por nós é algo impressionante. Deus chama para perto de si os rejeitados, os desprezados e os doentes, mas jamais permite que os mesmos permaneçam dessa forma. A mesma cruz que nos cura nos chama ao discipulado! Jesus é medico e mestre. Como médico, nos sara de uma vida vazia longe de Deus. Como mestre, nos ensina a viver para a Sua glória. Um homem que após ter contato com o evangelho permanece vivendo os mesmos fracassos e derrotas ainda não compreendeu a graça de Cristo e por certo não experimentou o poder do novo nascimento.

No Salvador temos uma vida completamente nova, bela e poderosa. Quem vive ao lado dEle é feliz e vitorioso, podendo enfrentar com coragem qualquer situação.


Texto de: Pr.Sérgio Fernandes

 

domingo, 7 de abril de 2013

Lucas 22:41-42


 

Ele se afastou deles a uma pequena distância, ajoelhou-se e
começou a orar: “Pai, se queres, afasta de mim este cálice;
contudo, não seja feita a minha vontade, mas a tua”.
 Lucas 22:41-42


   Jesus expressou seus sentimentos com sinceridade a Deus. Uma
coisa é se rebelar contra Deus. É outra coisa se abrir diante dEle.
Embora Jesus estivesse decidido a fazer a vontade de seu Pai, ele
também falou abertamente com Deus de seu medo e receio. Se você
enfrenta agora ou um dia enfrentar uma crise de obediência a Deus,
lembre-se do exemplo de Jesus. A vontade de Jesus era diferente da
vontade do Pai. Ele confessou isso ao Pai e pediu outra saída. Mas,
quando Jesus viu que não havia outro caminho, ele se submeteu.
Estas palavras frisam bem que a morte de Jesus não foi nenhuma
derrota. Ela foi, do começo ao fim, uma vitória para Deus e seu
glorioso Filho Jesus. Na hora da sua decisão, confie em seu Pai.
Seja qual for a conseqüência, faça tudo para a honra e glória de
Deus. Você verá no final que a vontade dEle é sempre melhor.

ORAÇÃO:

   Não há outro caminho, senão aquele que o Senhor nos mostrar.
Amado Pai, mostre-nos sempre o seu caminho e permita que tenhamos
fé suficiente para trilhá-lo. Sabemos que seguindo apenas mais um
pouco adiante encontraremos Jesus à nossa espera. Em nome de seu
Filho Amado nós oramos. Amém.

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Amando Intensamente



Mas, sobretudo, tende ardente amor uns para com os outros; porque o amor cobrirá a multidão de pecados. 1 Pedro 4:8


Ao desenvolver os diversos conselhos relativos ao sofrimento dos cristãos,Pedro aconselha os irmãos a seguirem a risco o velho e bom mandamento de Cristo, que é o amor. Este amor é aquele que deve ser praticado entre os irmãos nos relacionamentos cotidianos, um amor sincero e tolerante, que tudo crê, tudo espera e tudo suporta. Mas, por que razão Pedro se voltou ao amor após falar das aflições que os cristãos enfrentavam?

Tenho comigo que o apóstolo tinha uma preocupação: já temos inimigos suficientes para enfrentar. O mundo, as hostes espirituais da maldade, o nosso velho homem. Se além destes tivermos que enfrentar guerras na vida comunitária da igreja, viver se tornará insuportável. Por isso, devemos nos esforçar para tornar nossa vivência religiosa a mais prazerosa possível. Pois fazendo assim, os irmãos que tem sofrido aflições poderão ser encorajados pelo nosso amor e pela fé comum que temos.

Não torne a Igreja um campo de batalha! Se esforce para manter o vínculo da paz e a comunhão dos santos.