Dê ouvidos à Palavra de Deus!
Ouça e pratique essa Palavra! Tolo é quem não o faz!
Ouça a Palavra de Deus, creia na Palavra e guarde-a em seu coração.
Esteja enraizado nela, e a coroa da vitória lhe está garantida!,
“Permaneça em vós o que ouvistes desde o princípio. Se em vós permanecer o que desde o princípio ouvistes, também permanecereis vós no Filho e no Pai” (1 Jo 2.24).



Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao Senhor, essa sim será louvada. Provérvios 31:30

Web Radio Gospel Da Covilha - ((( Portugal))) Sua Amiga De Todos As Horas

domingo, 5 de agosto de 2012

Mateus 10:12-13


(Leia aqui)

“Ao entrarem na casa, saúdem-na. Se a casa for digna, que a paz
de vocês repouse sobre ela; se não for, que a paz retorne para
vocês.”


PENSAMENTO:

“A paz do Senhor”! Quantas vezes ouvimos esta saudação? Podemos
até esquecer que é mais que um cumprimento. Na misteriosa realidade
do Reino dos céus, a paz do Senhor Jesus é algo real que o Cristão tem um
papel fundamental em disseminar. É algo que, por seu intermédio,
Deus dá ou retira. Fruto da recepção do Evangelho, a paz do Senhor Jesus
é o fim da inimizade entre Deus e o homem. Quando aceita, ela traz
bênção e perdão. Se rejeitada, ela trará um dia juízo e condenação.
A paz do Senhor Jesus não é apenas uma questão de aceitação mútua ou
educação religiosa. Ela é uma realidade do plano espiritual com
conseqüências eternas. É por isso que ela não fica onde não é bem
vinda. Às vezes, quando nossas tentativas de compartilhar as boas
novas não são bem recebidas, ficamos ressentidos, como se as
pessoas estivessem nos rejeitando. A realidade é muito mais grave.
Ela está rejeitando o único e supremo Salvador. Ela está fechando a
única porta pela qual ela poderia entrar na vida eterna. Ore
bastante quando for compartilhar o Evangelho. Peça a Deus para que
Ele prepare a pessoa para valorizar o que Ele, por meio de você,
está oferecendo. E faça tudo dentro do seu alcance para que ela
aceite a paz que Cristo oferece.
Que Deus permita que, quando você for embora, uma coisa permaneça
 em cada lugar que você esteve: A paz do Senhor Jesus.

ORAÇÃO:

   Pai, faça de mim uma pacificadora, não só entre homens, mas entre
o Senhor e seus filhos afastados. Dê-me a perseverança que preciso
para continuar compartilhando esta paz da qual Jesus me constituiu
canal. Obrigado por tamanha honra que me concedeu. Em nome do
Senhor Jesus eu oro. Amém.

sábado, 4 de agosto de 2012

Mateus 10:11


(Leia aqui)

“Na cidade ou povoado em que entrarem, procurem alguém digno de
recebê-los, e fiquem em sua casa até partirem.

PENSAMENTO:

   O alvo dos discípulos não era nem conforto, nem comida em
fartura. Eles deveriam procurar pessoas dignas, ou seja, pessoas
receptivas ao Evangelho. Embora todos mereçam a chance de ouvir as
Boas Novas, Deus já nos avisou que apenas uma minoria vai receber e
responder. É com estas pessoas que o discípulo deve procurar se
associar. Isso nada tem a ver com nível social ou aparência
religiosa. São as pessoas receptivas a Jesus e a seus servos. Às
vezes, as pessoas menos receptivas ao Evangelho são aquelas que têm
um “pedaço” para proteger. Foi assim com os líderes religiosos dos
dias de Jesus, que rejeitaram a pregação do Evangelho. Há uma
mensagem muito importante para o obreiro de hoje. Na grande seara,
o discípulo precisa sempre de pessoas que irão apoiar e cooperar na
obra. Não é para se afastar dos perdidos ou descrentes. É para
poder melhor ajudá-los. O alvo não é a melhor “situação”, e sim a
melhor associação – com as pessoas que realmente estão procurando o
Senhor. Certas pessoas merecem uma maior atenção justamente pela
atenção que elas dão a Jesus e sua mensagem. Se você está servindo
a Jesus, peça para ele lhe mostrar tais pessoas no seu trabalho, na
sua comunidade ou onde quer que ele lhe tenha indicado para semear.
Jesus lhe mostrará quem são.

ORAÇÃO:
   Pai bondoso, agradeço ao Senhor porque, desde que entrei no seu
Reino, nunca me faltou nada. O Senhor tem sempre providenciado tudo
que eu preciso, e isso através de pessoas dignas do Evangelho. Peço
que o Senhor continue fazendo o mesmo para meus irmãos que deixam
casa, família ou qualquer outra coisa preciosa por amor ao Senhor.
Abençoe-os, Pai. Em nome do Rei eu oro. Amém

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Mateus 10:8


(Leia aqui)

“Curem os enfermos, ressuscitem os mortos, purifiquem os
leprosos, expulsem os demônios. Vocês receberam de graça; dêem
também de graça.”
Mateus 10:8


PENSAMENTO:

   Jesus chamou todos, ricos e pobres, poderosos e indefesos. Porém
ele tinha uma preocupação especial para com os doentes e
marginalizados. Eram estas pessoas que Jesus mais queria convencer
de que o Reino dos céus havia chegado e de que Deus tinha lugar
para elas. Jesus ainda busca e chama o mesmo povo hoje. É um
privilégio nosso levar esta mesma mensagem para o povo que Deus
ainda quer – os pobres em espírito e quebrantados, os doentes e
desprezados. Os enfermos para os quais Jesus enviou os discípulos
não eram os membros da ‘igreja’. A igreja nem existia. Jesus enviou
os discípulos para pessoas fora do Reino que ele queria que
entrassem. Será que tem alguém perto de você ou dentro do seu
alcance, que precisa saber o quanto Deus o quer? Pode ser um
vizinho ou parente, pode ser um morador de rua pelo qual você passa
todos os dias. Pode ser alguém que você só verá hoje e talvez mais
nunca, até o glorioso dia quando o verá de novo no Reino dos céus.
Não deixe passar a oportunidade que Deus lhe dá hoje para fazer uma
diferença eterna amanhã. Peça a Deus e ele lhe guiará no que dizer
e no que fazer. Não foi ele que colocou você e aquela pessoa no
mesmo caminho?

ORAÇÃO:

   Pai bondoso, tenho recebido tantas bênçãos do Senhor. Não tenho
como merecer e muito menos como pagar. Ajude-me a sempre
compartilhar livremente da multiforme graça que o Senhor derramou
em minha vida. Agradeço-lhe pelo privilégio de ser despenseiro do
Reino. Em nome do Rei Jesus. Amém.